Secretária de educação alerta para oferta não autorizada de cursos online no interior de Capinzal

A Secretaria da Educação, Cultura e Esportes de Capinzal está orientando a comunidade com relação a venda ambulante de cursos para o “jovem do novo milênio”.  Na manhã desta terça-feira, dia 27, um veículo suspeito foi visto nas imediações da Escola Municipal Ernesto Hachmann da comunidade de Barro Preto, interior de Capinzal e chamou atenção dos moradores e funcionários da escola.

Pais de alunos relataram que um Gol vermelho teria passado em algumas casas nas comunidades do Barro Preto e Barro Branco em busca de crianças e adolescentes que estudassem no 9º ano e 3º ano do ensino médio, afirmando que eram do Governo Federal e estavam fazendo a divulgação de material para o ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio).

A secretária Veranice Lovatel alerta que em nenhum momento os suspeitos passaram pela Secretaria de Educação pedindo autorização para a comercialização de curso. A denúncia foi repassada ao Conselho Tutelar e a Polícia Militar. A escola também emitiu um alerta aos pais através dos aplicativos de mensagens.

Ouça:

 

De acordo com o comandante do 26º Batalhão e 3ª Companhia de Polícia Militar, Major Cleversom Garcez, após tomar conhecimento através do grupo “Rede de Vizinhos”,  uma guarnição foi deslocada até a comunidade e após coletar informações foi logrado êxito na abordagem do veículo suspeito. Os ocupantes disseram que estavam comercializando cursos online de inglês e português. Eles foram orientados a até a buscar uma autorização junto a Prefeitura Municipal para comercializar os cursos. Os policiais  também informaram a eles que a comunidade está atenta a situação e que a PM continuará monitorando o caso.

Ouça:

Fonte: Rádio Barriga Verde
Foto: ilustrativa