Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência é retomado em Capinzal e Ouro

Com a volta das aulas presenciais na rede estadual e municipal de ensino, voltam também as atividades extracurriculares, como por exemplo o Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência, o PROERD, desenvolvido pela Polícia Militar de Santa Catarina.

Em Capinzal e Ouro, o programa foi retomado na manhã desta segunda-feira, dia 15, conforme informou o Cabo Diego Vettorazi e irá abranger doze escolas e 20 turmas que participaram de dez encontros e a formatura no final do ano. A 2ª Companhia do 26º Batalhão Policia Militar é responsável ainda por aplicar o programa nas cidades de Piratuba, Ipira e Lacerdópolis, porém, as aulas presenciais nestes municípios foram suspensas.

Ouça:

 

O que é o PROERD:

O Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd) consiste num esforço cooperativo estabelecido entre a Polícia Militar, a Escola e a Família, tendo como missão e visão:

Missão: ensinar aos estudantes habilidades para tomada de boas decisões, para ajudá-los a conduzir suas vidas de maneira segura e saudável.

Visão: construir um mundo no qual os jovens de todos os lugares estejam capacitados para respeitar os outros e para escolherem conduzir suas vidas livre do abuso de drogas, da violência e de outros comportamentos perigosos.

Os objetivos específicos do programa incluem:

Desenvolver nos jovens estudantes habilidades que lhes permitam evitar influências negativas em questões afetas às drogas e violência, promovendo os fatores de proteção.

Estabelecer relações positivas entre alunos e policiais militares, professores, pais, responsáveis legais e outros líderes da comunidade escolar.

Permitir aos estudantes enxergarem os policiais militares como servidores, transcendendo a atividade de policiamento tradicional e estabelecendo um relacionamento fundamentado na confiança e humanização.

Estabelecer uma linha de comunicação entre a Polícia Militar e os jovens estudantes.

Abrir um diálogo permanente entre a “Escola, a Polícia Militar e a Família”, para discutir questões correlatas à formação cidadã de crianças e adolescentes.

Fonte: Rádio Barriga Verde
Foto: Divulgação