Funcionário da Cidasc que estava desaparecido é encontrado morto

Neivanir Alberto Morellato, mais conhecido como Beto, estava sem vida dentro do veículo no meio do mato na SC 350

O funcionário da Cidasc, Neivanir Alberto Morellato, mais conhecido como Beto, que estava desaparecido desde quinta-feira, 8, foi encontrado morto no fim da manhã desta sexta-feira, 9.

Um caminhoneiro viu o carro dele, uma Ecosport branca, no meio do mato na SC 350 próximo ao antigo restaurante no Km 40 entre Água Doce e Caçador. Beto estava dentro do veículo sem vida. Não há mais informações sobre a causa da morte.

Segundo a PM, não havia marca de freada no asfalto. A suspeita inicial é que Beto tenha dormido ao volante ou tido um mal súbito. O carro estava capotado, distante cerca de 15 metros da pista.

A notícia do desaparecimento dele começou a ser divulgada no meio da tarde de quinta-feira, quando familiares procuraram a polícia, já que Beto não retornou pra casa. Ele trabalhava na barreira de fiscalização da Cidasc na BR 153, mas residia em Caçador.

As buscas mobilizaram a polícia de toda a região além dos próprios funcionários da Cidasc e voluntários.

Fonte: Rádio Barriga Verde
Foto: Rádio Barriga Verde