Delegada de Capinzal alerta para o golpe do celular clonado que continua fazendo vítimas na região

Diversas pessoas já caíram no golpe do WhatsApp clonado e ele continua fazendo vítimas em Capinzal, Ouro e região. O golpe acontece geralmente da seguinte forma: uma pessoa envia mensagem dizendo ser funcionário de site de compra, o golpista entra em contato e pede que a vítima digite um código de seis números para supostamente ativar um anúncio; esse código é a verificação do WhatsApp e com ele o criminoso consegue clonar a conta do consumidor.

Após a clonagem, o golpista passa a enviar mensagens para os contatos da vítima pedindo dinheiro no nome dela. Na maioria das vezes, o infrator pede dinheiro para parentes e conhecidos, simulando alguma necessidade urgente.

A delegada da comarca de Capinzal, Fernanda Gehlen da Silva, revela que quase diariamente são registrados boletins de ocorrência de estelionato.

Ouça:

 

Para aumentar a segurança, a recomendação é ativar a verificação em duas etapas do WhatsApp. Com ela, mesmo que alguém tenha acesso ao código de 6 dígitos do aplicativo, a tentativa de clonagem ainda precisaria de uma senha criada por você.

 

Fonte: Rádio Barriga Verde
Foto: ilustrativa