Cineastas 360º: Projeto utiliza realidade virtual para mostrar as mais diversas formas de vivência no país

A organização social Recod do Rio de Janeiro desenvolve a mais de três anos o projeto “Cineastas 360º”. A ação que é promovida em parceira com o Facebook, envolve estudantes de escolas públicas de todas as regiões do país, produzindo filmagens em 360 graus que contemplem os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas (ONU).

De acordo com a jovem capinzalense, Luana Spielmann de 19 anos, o projeto foi um divisor de águas em sua vida. Em 2019, a jovem conheceu a atividade através de um trabalho escolar desenvolvido pela Escola de Educação Básica Mater Dolorum, onde o vídeo criado pelo seu grupo foi campeão regional e foi transmitido em um evento em Brasília.

Segundo Luana, o projeto visa proporcionar uma experiência “real” sobre as mais diversas realidades como por exemplo a pobreza, queimadas, desastres naturais. São inúmeros os temas abordados, até o presente momento, mais de 53 filmes já foram produzidos, e um deles já foi exibido na ONU.

Luana destaca a importância deste projeto e convida quem tiver interesse em conhecer e participar do projeto, uma vez que este é gratuito.

Ouça:

Conheça mais o projeto acessando este link: www.recode.org.br

Fonte: Rádio Barriga Verde
Foto: Rádio Barriga Verde