Autor de homicídio ocorrido em Capinzal é preso em Fortaleza/CE

Normal
0

21

false
false
false

PT-BR
X-NONE
X-NONE

/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:”Tabela normal”;
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-priority:99;
mso-style-parent:””;
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin-top:0cm;
mso-para-margin-right:0cm;
mso-para-margin-bottom:8.0pt;
mso-para-margin-left:0cm;
line-height:107%;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:11.0pt;
font-family:”Calibri”,sans-serif;
mso-ascii-font-family:Calibri;
mso-ascii-theme-font:minor-latin;
mso-hansi-font-family:Calibri;
mso-hansi-theme-font:minor-latin;
mso-fareast-language:EN-US;}

A Polícia Civil de Santa Catarina a partir de informações do setor de Cyberlab  e Operações da DIPC e DIC de Joaçaba,  com  o apoio do Departamento de Inteligência e da CORE, ambos da PCCE,  prenderam  Lázaro Oliveira da Silva, foragido da Justiça de Santa Catarina na cidade de Fortaleza/CE.

Ele foi condenado a 12 anos de prisão em regime fechado pela prática do crime de homicídio ocorrido em 2014 na cidade de Capinzal. A ação também contou com a utilização de técnicas de inteligência cibernética.

O crime ocorreu por volta das 20h do dia 14 de dezembro de 2014 em uma pensão na rua Valcir Amélio Moretto, loteamento Lar Imóveis, próximo ao Senai.

A vítima, Roberto Filber, então com 36 anos, natural de Foz do Iguaçu/PR era funcionário da BRF. A faca que teria sido utilizada no crime foi apreendida. Um golpe atingiu o coração da vítima.

Segundo a denúncia, testemunhas afirmaram que os envolvidos estariam na pensão ingerindo bebida alcoólica e que, em determinado momento, sem motivo aparente, Lázaro desferiu uma facada fatal no peito de Roberto. Em seguida fugiu.

Filbert chegou a ser socorrido pelos bombeiros, mas morreu antes de dar entrada no Hospital Nossa Senhora das Dores.

Fonte: Rádio Barriga Verde
Foto: Rádio Barriga Verde