Após cinco anos de serviços prestados, Ana Cristina da Silva se despede do Sindicato Rural de Capinzal

O Sindicato Rural de Capinzal se despede nesta manhã de terça-feira (07) da colaboradora Ana Cristina da Silva.

Foram cinco anos de serviços prestados à entidade, e Ana confessa sair de cabeça erguida e satisfeita com o seu desempenho.

O Sindicato Rural de Capinzal se despede nesta manhã de terça-feira (07) da colaboradora Ana Cristina da Silva. Foram cinco anos de serviços prestados à entidade, e Ana confessa sair de cabeça erguida e satisfeita com o seu desempenho.

 

A saída foi motivada por uma nova proposta profissional, onde segundo ela, há mais chances de crescimento. Todos os anos o sindicato atende inúmeros produtores e são vários os serviços oferecidos, como por exemplo, cadastro de blocos de produtores rurais, declarações tanto para o produtor quanto para o terreno quanto para os animais de sua posse, mas um dos serviços que mais se destacaram iniciou em 2017, quando o Sindicato Rural de Capinzal assumiu a realização da Expovale.

 

Um grande desafio foi entregue aos responsáveis, e a então secretária, foi essencial para que uma das maiores expo-feiras acontecesse mantendo-se nos padrões já oferecidos em edições anteriores e é claro, superando as expectativas.

 

Em 2019, o Sindicato esteve à frente novamente do evento, e Ana mais uma vez se destacou pela importância que teve por traz dos holofotes, desde os primeiros contatos com os expositores até mesmo nos preparativos para o parque estivesse apto para receber a todos.

 

Ana agradece a cada um que esteve presente nestes anos em que atuou no Sindicato, mas em especial aos associados. Desde sua chegada, uma bela relação entre ela e a equipe da Rádio Barriga Verde foi construída, relação essa que se transformou em amizade, e por esse motivo, desejamos os mais sinceros votos de sucesso.

 

Ouça:

 

O Sindicato Rural estará de portas fechadas a partir desta terça (06). No dia 14 de fevereiro serão realizadas as eleições da nova diretoria, onde uma nova profissional deverá ser contratada, voltando assim, com os serviços em sua normalidade.

Fonte: Rádio Barriga Verde
Foto: SINDICATO RURAL DE CAPINZAL